Documento orienta como equipe de Saúde da Família pode melhorar os indicadores de desempenho

O Previne Brasil, programa que reformulou o financiamento da Atenção Primária à Saúde (APS), tem como um dos componentes que fazem parte do repasse mensal aos municípios o pagamento por desempenho, cujo incentivo financeiro é calculado com base nos resultados de indicadores de atendimento das equipes de saúde. Para auxiliar no registro das informações, estão disponíveis na plataforma do e-Gestor AB as fichas de qualificação desses indicadores, bem como os instrutivos de registro nos sistemas de prontuário eletrônico e de Coleta de Dados Simplificados (CDS).

O monitoramento desses indicadores vai permitir que as gestões federal, estadual, municipal e distrital e profissionais de saúde avaliem o acesso e a qualidade dos serviços prestados pelos municípios.

Confira aqui como a equipe de saúde da família pode melhorar os indicadores de desempenho.

Previne Brasil

O programa Previne Brasil vai promover uma verdadeira reestruturação na forma que o Governo Federal distribui recursos para os municípios. Agora, ganha mais quem cuida mais da saúde dos brasileiros. A conta é simples: pela capacidade de atendimento das 43 mil Equipes de Saúde da Família, 140 milhões de pessoas deveriam estar sendo acompanhadas pelos serviços de saúde da Atenção Primária, que cuida dos problemas mais frequentes dos brasileiros, como diabetes e hipertensão através de consultas médicas, exames e vacinação.

Mas, a realidade é que bem menos pessoas estão acessando o SUS: 50 milhões não estão sendo amparadas por nenhuma equipe de saúde da Atenção Primária, sendo que 30 milhões são brasileiros mais carentes, que recebem benefícios sociais ou que ganham até dois salários mínimos de aposentadoria e que, portanto, só contam com o SUS para cuidar da sua saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *