Monthly Archives: dezembro 2018

INNOVA Consultoria é eleita melhor escritório de elaboração de projetos de Picos e região

A empresa INNOVA Planejamento, Assessoria e Consultoria, atuando no setor da administração pública e na elaboração de projetos, foi eleita através de votação popular no prêmio Marcas Vitoriosas como o melhor escritório de  elaboração de projetos em Picos e macrorregião.

O Prêmio Marcas Vitoriosas destaca as melhores empresas piauienses eleitas sob a opinião pública nos mais diversos segmentos. A entrega dos prêmios será feita em um noite de gala prevista para acontecer em janeiro de 2019.

Em se tratando da categoria “Escritório de elaboração de projetos” a INNOVA Consultoria conquistou o primeiro lugar, sendo eleita com 25,97% dos votos, seguido da “empresa 2” que atingiu o índice de 21,55% e da “empresa 3” que recebeu 18,23%.

A sócia-proprietária da empresa INNOVA Consultoria, Zenaide Leal, afirmou que  o resultado representa reconhecimento popular servindo de motivação para que os colaboradores continuem buscando a excelência nos serviços prestados.

“Receber esse resultado representa muito para nossa empresa, pois buscamos sempre desempenhar os nossos projetos com excelência. Agradecemos a cada pessoa que dedicou o seu voto na INNOVA Consultoria e buscaremos sempre proporcionar o melhor ao nosso cliente com profissionais capacitados”, afirmou Zenaide Leal.

A empresa INNOVA Consultoria vem atuando  há mais de dois anos na assessoria às gestões municipais, seja na aquisição de investimentos para as cidades, licitações entre outros serviços.  A mesma está localizada na Rua João Nunes, nº 421, no bairro Canto da Várzea, em Picos.

Escolas e Estados já podem aderir ao Programa Escola do Adolescente

Estados e redes escolares (municipais e estaduais) já podem realizar adesões ao Programa Escola do Adolescente (PEA). Lançado pelo Ministério da Educação (MEC) em 11 de dezembro, o programa oferecerá formação e apoio técnico a gestores e professores, tornando a escola um ambiente pedagógico plural e atrativo para os alunos.

O prazo para adesão ao programa segue até 21 de janeiro e deve ser realizado através da página na internet acesse aqui pelos gestores de educação. Todas as escolas que ofertam os anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) podem aderir.

A plataforma vai apoiar a gestão das secretarias e das escolas na elaboração e implementação de um plano de ação e na revisão curricular para uma escola mais conectada com o adolescente, de modo a ajudá-lo a se conectar com seu projeto de vida, seus interesses e até mesmo com suas vivências fora da escola. Por isso, o programa vai contar, por exemplo, com estratégias formativas sobre adolescência e mobilização do aprendizado, que chamem a atenção dos alunos de modo a engajá-los nos estudos e nos projetos da escola.

FONTE: I9 Treinamentos/MEC

Audiência pública final do PMSB e do PMGIRS é realizada em Santana do Piauí

Na manhã desta sexta-feira (14) o município de Santana do Piauí sediou a audiência pública final de apresentação do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) e do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS). Evento foi realizado na Câmara Municipal.

A audiência pública final é a última etapa de construção do PMSB e do PMGIRS. A mesma tem por finalidade apresentar e aprovar pelos munícipes os Planos que se transformarão em projeto de lei. Somente após aprovação do Legislativo Municipal o documento passará a ter validade legal.

A prefeita de Santana do Piauí, Maria José de Sousa Moura, presidiu os trabalhos da audiência. Em seu discurso, ela destacou a importância dos Planos para desenvolvimento de políticas públicas voltadas para universalização do Saneamento Básico e a gestão compartilhada dos resíduos sólidos.

“Estamos aprovando dois Planos que podem trazer mais qualidade de vida e saúde para o nosso povo. Bem é verdade, que através dos mesmos poderemos buscar recursos para execução das propostas elaboradas a curto, médio e longo prazo, melhorias apontadas pela população”, disse a prefeita.

Maria José pontuou ainda que o município já deixou de receber investimentos pela ausência dos Planos que vem sendo exigido pelos órgãos competentes desde 2010.

A engenheira sanitarista e ambiental da empresa da Nerar Engenharia (responsável técnica pela elaboração dos Planos), Lília Santos, explicou que o horizonte de validade do Plano é de 20 anos, mas o mesmo a cada quatro anos necessita ser revisado.

“Estivemos fazendo visitas periódicas a Santana do Piauí há seis meses, período de elaboração dos Planos. No contato com a população e o governo realizamos audiências e oficinas setoriais de diagnóstico e prognóstico. Concluímos o documento, a população aprovou e agora partiremos para as próximas etapas. Um salto muito importante para o município foi dado”, enfatizou.

O processo de elaboração do PMSB e do PMGIRS foi iniciado no município de Itainópolis em julho deste anos e contou com a promoção de audiências e plenárias nas comunidades rurais e urbana.

Presenças

Estiveram presentes na audiência pública, o secretário Municipal de Saúde, Francisco José de Carvalho, a secretária de Educação e Cultura, Maria Inês Rocha, o secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Francisco de Moura Sobrinho, o Netinho, servidores municipais e representantes da sociedade civil organizada.

Prefeitura de Sussuapara realizará audiência pública final para apresentação do PMSB e PMGIRS

A Prefeitura de Sussuapara-PI realizará na próxima quarta-feira (12 de dezembro), às 9h00, a audiência pública final que discute o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) e o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS). Evento de participação popular ocorrerá no auditório da Prefeitura Municipal.

A audiência tem por objetivo apresentar o PMSB e o PMGIRS à comunidade sussuaparense para aprovação, última etapa do processo de construção dos Planos.

A engenheira sanitarista e ambiental da empresa Nerar Egenharia (responsável pela elaboração técnica dos Planos), Catiane Eulina de Oliveira Lima, destacou que a aprovação popular é o que confere validade ao conteúdo presente no PMSB e PMGIRS.

“Nessa fase já de conclusão apresentamos os Planos aos munícipes que se fizerem presentes na audiência e os mesmos se concordarem os aprovam. Esses Planos já foram disponibilizados para consulta pública, para que a população tenha conhecimento do conteúdo”, explicou a engenheira.

Catiane Lima pontuou ainda que após a aprovação popular os Planos necessitam ser encaminhados a Câmara Municipal para apreciação e aprovação legal do Legislativo.  Mediante o cumprimento de todas as etapas, o PMSB e o PMGIRS terá validade dentro do município e caberá a Administração Municipal buscar incentivos para execução das propostas.

Elaboração dos Planos                              

A elaboração do PMSB e do PMGIRS foi iniciada no município de Sussuapara ainda em agosto deste ano. Todo o processo foi conduzido de forma coletiva entre o governo municipal e a população contando com a promoção de audiência, oficinais setoriais de diagnóstico e prognóstico e construção de produtos de Mobilização e Comunicação Social, Diagnóstico Técnico-Participativo e Prognóstico do Saneamento Básico.

Governo Municipal atuando de forma integrada com a população

Participação popular

Ao longo de todo o processo, o município contou com a assessoria técnica da empresa Nerar Engenharia.

Audiência pública final do PMSB e do PMGIRS é realizada em Itainópolis

Na manhã desta segunda-feira (10) o município de Itainópolis sediou a audiência pública final de apresentação do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) e do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS). O evento realizado no auditório da U.E Álvaro Rodrigues foi marcado pela participação popular.

A audiência pública final é a última etapa de construção do PMSB e do PMGIRS. A mesma tem por finalidade apresentar e aprovar pelos munícipes os Planos que se transformarão em projeto de lei. Somente após aprovação do Legislativo Municipal o documento passará a ter validade legal.

O prefeito de Itainópolis, Paulo Lopes, destacou que os Planos representam um retrato do município no tocante ao saneamento básico e resíduos sólidos.

“A avaliação sobre o trabalho é positiva. Foi um trabalho pioneiro que não existia no município, percebemos que foi feito um diagnóstico da realidade local em documento e o desafio é transformar isso numa lei, que possa ser executada em curto, médio e longo prazo. No dia a dia costumamos reclamar do saneamento básico, do lixo, mas não se busca solucionar. Agora estamos dando um passo importante”, afirmou o gestor.

Paulo Lopes ressaltou ainda que o processo de elaboração dos Planos contou com a colaboração popular que apontaram os problemas e propuseram soluções. “Foi um plano discutido com a comunidade, a população participou. Os Planos só tem a trazer benefícios como a otimização dos recursos públicos e ter uma direção para onde devemos caminhar”, frisou.

A itainopolense e coordenadora do Programa Criança Feliz, Francisca dos Anjos, destacou que a conclusão do PMSB e do PMGIRS representa ganhos na qualidade de vida da população local.

“Vejo com muita esperança, otimismo, pois a partir das metas traçadas a população é chamada e passará a ser também responsável pelos destinos do nosso município. Foi participativo e as pessoas que sugeriram melhorias, reivindicaram, foi um espaço aberto”, afirmou a itainopolense.

A engenheira da empresa NERAR Engenharia (responsável técnica pela elaboração dos Planos), Catiane Lima, explicou o processo de construção dos Planos destacando que o mesmo possui horizonte de validade de 20 anos.

“Estivemos durante seis meses visitando Itainópolis, no contato com a população local, ouvindo e percebendo as deficiências, bem como de forma coletiva buscando encontrar soluções. Concluímos o documento, a população aprovou e agora partiremos para as próximas etapas. Mas um salto muito importante para o município foi dado”, pontuou.

O processo de elaboração do PMSB e do PMGIRS foi iniciado no município de Itainópolis em julho deste anos e contou com a promoção de audiências e plenárias nas comunidades rurais e urbana.

Presenças

Estiveram presentes na audiência pública, o secretário municipal de Saúde, Matias Lopes, o secretário de Administração, Expedito Neto, a secretária de Educação, Elisângela Sousa, servidores municipais, além de representantes da sociedade civil organizada.